Olhei o rosto dele e pensei, merda, eu o amo.
Bukowski. (via promessasvazias)